Ler.

Só vale a pena ler um livro quando o autor consegue nos fazer viver cada personagem como se fizéssemos parte do corpo e da alma de cada um deles.

Adriana Maluendas

image
Adriana não conheço pessoalmente, mas o que li do livro onde retrata o ” Onze de Setembro” é mais que suficiente para eu recomendar a leitura. De cinco brasileiros que estariam no complexo do World Trade Center, em Nova York, naquele dia, Adriana foi a única sobrevivente segundo o governo do Brasil.
No livro ” Além das explosões ” a narração limpa e objetiva funciona como uma máquina do tempo que nos transporta para o meio da correria, da sensação de fim de mundo que se abateu sobre o centro financeiro de Nova York.
Ao lado de Adriana, nos angustiamos e, junto com ela procuramos por uma mulher que, por estar em uma cadeira de rodas e ser muito pesada, não pode ser resgatada pela autora.
Adriana chegou a ajudar algumas pessoas mas, na confusão acabou sendo pisoteada quebrou um dente, teve costelas trincadas. Andou sem rumo por muito tempo até conseguir abrigo em um hotel e conseguir se comunicar com a família. Da bagagem levada do Brasil ficou apenas com uma bolsa onde estava seu passaporte e a chave do hotel que ficou totalmente destruído e que agora faz parte do acervo do museu construído no local onde ficavam as torres gêmeas.
Mas, mais que a narração do fato, Adriana relata o difícil caminho percorrido para exorcizar o medo gerado por todos aqueles acontecimentos.

O livro ” Além das explosões ” de Adriana Maluendas está à venda na Amazon e na Apple Store.

image

 

Ernani Lemos

 

image

O outro autor que me encanta com sua narrativa solta e divertida é meu amigo faz tempo. Ernani Lemos e eu trabalhamos durante muito tempo na mesma emissora de televisão. Sempre sorridente e brincalhão acho que naquela época ele nem imaginava que um dia seria escritor.
A descoberta do ” dom de escrever” aconteceu quando Ernani foi morar fora do Brasil. Seu senso de observação e o olhar crítico começaram a ser transformados em deliciosos textos no “Face” daí para os livros foi muito rápido e Ernani conseguiu reproduzir nas suas duas obras o texto ágil e leve.
Me abstenho aqui de entrar em detalhes das histórias de ” Onze Semanas” – o primeiro livro – e de ” Sobre os Outros” – que acaba de ser lançado – esperando, assim, que você querido leitor fique muito curioso e compre rapidinho os dois volumes que, garanto, não vai sossegar enquanto não acabar a leitura e ficará (assim como eu) triste por não ter o próximo título.

imageimage

 

Deixe uma resposta